terça-feira, 8 de maio de 2007

O Arqueiro e a Feiticeira

"Após a batalha, a rainha Loxian chamou seus três mais poderosos guerreiros. —Os nergals escaparam —disse ela, tristemente. —Mundos desconhecidos pagarão por nosso erro. — Como podemos impedir que isto aconteça, senhora? —perguntou o guerreiro mais corajoso. —Não há como segui-los —constatou o mais sábio. —Há um caminho —sorriu o mais esperto."


O Arqueiro e a Feiticeira é o primeiro volume da tetralogia da jornalista Helena Gomes A Caverna de Cristais, lançado pela Devir em 2003.
A história é centrada no arqueiro Thomas, um rapaz criado por uma trupe maltrapilha de artistas. Em um mundo no qual os nobres mantém o povo na ignorância, Thomas é considerado alguém estranho e até repudiado por ter poderes diferentes, como é o caso por exemplo do dom da premonição.
Na verdade, ele é o Herdeiro de uma temida profecia que envolve outros mundos além de Britanya e inimigos terríveis, os nergals. Seu antagonista é o arcebispo Hugues De Angelis, um homem cruel, capaz de tudo para defender os interesses dos nergals na Britanya.
Existem, também, outros personagens, como a nobre Erin De Durham (uma jovem que não se conforma com o papel secundário da mulher na patriarcal sociedade britã), seu pai Mark De Durham (um cavaleiro corajoso e brincalhão, que segue apenas sua própria consciência), Vince De Angelis (o melhor dos cavaleiros de Britanya e grande rival de Thomas) e o misterioso Mestre Dines (um monge que guarda intrigantes segredos).
A história de O Arqueiro e a Feiticeira é muito bem estruturada. Sua trama é consistente e sua efabulação é bem desenvolvida, pois consegue relacionar personagens e ações levando em consideração circunstâncias espaço-temporais. A autora caracteriza os personagens de forma clara: tais personagens estão muito próximos de pessoas que todos conhecemos, facilitando desta forma a identificação. A narrativa é poderosa e o encadeamento dos fatos é bem arquitetado. Além disso, a ação é rica em ritmo e dinamismo e os desdobramentos ao longo da trama nos permitem acompanhar as transformações vivenciadas pelos personagens.
Lamento o fato de não terem sido lançados os outros volumes dessa empolgante e recomendável obra de Fantasia.
Penso que está mais do que na hora de nós leitores e leitoras contribuirmos com a difusão deste gênero literário, recomendando-o, presenteando... Quem sabe, assim, as nossas editoras abram mais espaço para autores e autoras, como Helena Gomes, para produzirem e publicarem os seus trabalhos.
Dado que, são poucos os autores, no Brasil, que escrevem no gênero da fantasia, menor ainda é o número de escritores que produzem obras de qualidade como O Arqueiro e a Feiticeira, portanto, devemos prestigiar e respeitar estas obras, não apenas por serem nacionais, mas, antes, por serem obras de imensa qualidade literária.

Nota 10

______________________________

O texto acima foi publicado originalmente, em março de 2005, na primeira edição do fanzine Pergaminho. O zine teve neste nº uma tiragem de 100 exemplares distribuídos gratuitamente nas cidades de São Leopoldo e Porto Alegre – RS. Na ocasião não tinha nem idéia de quando sairia os outros livros da saga. Neste ano de 2007 resolvi dar mais visibilidade ao meu pequeno fanzine e criei o blog Pergaminho digital zine na esperança de alcançar um número maior de leitores. E para minha própria surpresa a autora encontrou a resenha do seu livro no blog e deixou um comentário informando que o 2º livro da saga, Aliança dos Povos, fora publicado pela Idea Editora. Gostaria de agradecer a escritora e jornalista Helena Gomes pelo excelente trabalho realizado e pala atenção que demonstrou ter com seus leitores. Assim que tiver lido o 2º volume da saga A Caverna de Cristais estarei publicando um comentário, como é de praxe, aqui no blog e na versão impressa de Pergaminho que continua em circulação. E como ninguém é de ferro vou deixar aqui alguns links relacionados à obra de Helena Gomes:

A Caverna de Cristais – Sitio oficial da saga.

No orkut:
A Caverna de Cristais – Comunidade criada por Marcelo Andrade;
O Arqueiro e a Feiticeira – Comunidade criada por Ana Claudia;
Os Nergals – É isso mesmo, os nergals também tem sua própria comunidade;
Helena Gomes – O perfil da autora no orkut.

Mais uma vez um muito obrigado a Helena e boa leitura a todos.







Capa do fanzine Pergaminho nº 1 (março de 2005).

Um comentário:

hakio disse...

Oi, Daniel!
Puxa, esta foi a primeira resenha do livro... Obrigada mesmo!
Olha, a Idea Editora publicou agora o livro 2 da saga, Aliança dos Povos. Já o 3 deve sair no ano que vem.
Um grande abraço!
Helena
hakio@uol.com.br